“INFAME” – Paulo Ito

A Galeria A7MA apresenta “Infame”, segunda exposição individual do artista Paulo Ito, que abre quinta-feira, dia 28 de novembro de 2019 a partir das 17h.

Dois anos depois da exposição “Inconveniente” o artista volta à A7MA com “Infame”. Como uma continuação das primeiras, as novas 10 obras retomam a veia sarcástica de Ito que define seu humor peculiar: “Eu diria que podemos rir do conteúdo que produzo, salvo aqueles que o tomarão como ofensa. Mas não há o que se preocupar, pois, a carapuça só serve aos que devem no cartório, pelo menos segundo a minha régua, rs. No entanto, achando graça ou não ainda há o refúgio no conforto do não é comigo! ”

Paulo Ito nasceu em 1978 em São Paulo e começou a pintar em espaços públicos em 1997 e hoje atua principalmente na zona oeste da cidade. Em 2011 publicou a História em quadrinhos independente Mais Barato Grátis que totalizou mais de 5 mil exemplares distribuídos gratuitamente. Em 2012, participou da mostra São Paulo Mon Amour no MuBE e em 2013 expôs na segunda Bienal Internacional de Graffiti de São Paulo no mesmo museu. Em 2014 pintou um painel que se tornou o maior viral da copa do mundo da FIFA, saindo em veículos de comunicação em mais de 20 países alcançando milhões de pessoas em todo o mundo. Também pintou empenas icônicas em São Paulo como a do projeto “Salve o Tapajós” do Greenpeace em 2016 e o mural contra o consumo excessivo de álcool em 2018. Expôs na Segunda Bienal internacional de Arte de Rua de Moscou em 2016, participou em 2017 do Festival Memorie Urbane em Gaeta na Itália, expondo na Street Art Place com Apollo Torres e em 2019 ganhou o prêmio do Instituto Bunge na categoria arte de rua.

Fez murais em grandes dimensões com os artista Enivo e Quinho no Sesc Santana e um painel ana cidade de Cali na Colômbia. Também fez a direção de arte do curta de animação que será lançado em breve chamado Subsolo da Otto Desenhos.

A nova exposição tem como objetivo propagar as reflexões e revoltas de Paulo Ito, criando diálogos que faça o observador refletir e repensar sobre a sociedade e suas políticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Menu