Leilão online sobe o nível em 2020

por Aline Anzzelotti

Jean-Michel Basquiat – sem título

Leilão online é um tema que tem muitas perspectivas e considerações a serem levadas muito a sério. Mas tem gente por ai mostrando que leilões mesmo que de grandes obras de arte, estão agora a um click de colecionadores e compradores do ramo. Assim, Loic Gauzer, ex executivo da Christie’s vai usar seu mais novo aplicativo para leiloar nada menos que Jean-Michel Basquiat.

Será um desenho feito pelo artista, que está com estimativa de ser vendido por algo em torno de 8 a 9 milhões de dólares. Assim mesmo, milhões de dólares por uma obra sem sair de casa. A cultura dos leilões definitivamente muda a partir de 2020 e deixa muito a se pensar e a se criar para os futuros possíveis para a arte.

Gouzer começou de algo que todos nós passamos, de dias e dias em lockdown com a cabeça cheia de ideias. Mas esse, colocou as suas em ação e desenvolveu o aplicativo Fair Warning para realizar leilão online. O app era para ocupar sua cabeça, mas também para testar a flexibilidade do mundo da arte e saber se existiria um interesse em vendas online significativo.

Ele começou com uma obra de Steven Shearer, um retrato chamado Synthist (2018), que estava estimado em torno de US$180 a US$250 mil dólares. Mas para sua surpresa, a obra acabou sendo arrematada por US$437 mil por um colecionador europeu. Logo, ele percebeu que o futuro era agora e que poderia continuar seus trabalhos com poucos cliques e muita estratégia.

Desde então, Gouzer vendeu mais duas peças. Uma de Steven Parrino, vendida por US $ 977 mil (estimada em US $ 650 mil a US $ 750 mil). E um body print de David Hammons, por cerca de US $ 1,3 milhão (estimada em US $ 500 mil a US $ 700 mil). Vendas incrivelmente mais altas do que a estimativa feita, ou a calculadora estava quebrada, ou ele acertou a sorte grande.

Era apenas um experimento

Loic diz que “é um experimento tudo isso”. O profissional ficou conhecido como “rebelde” enquanto estava na Christie’s. Isso porque tinha ideias muito fora do padrão sobre vendas e isso assustava um pouco as pessoas envolvidas. Também, era conhecido por obter e oferecer obras de arte caras, em especial o ‘Salvator Mundi’ de Leonardo da Vinci, por US $ 450,3 milhões, em 2017.

Em entrevista ao New York Times, Gouzer disse que “A ideia era criar um sistema de leilão meio guerrilha”, onde você poderia começar a mover pinturas usando a nuvem em vez de locais físicos”. Pelo menos até agora, as grandes casas de leilão não mostraram nenhum desconforto ou contrariedade ao movimento de Loic. Mas, Marc Porter da Chistie’s alerta que “A disponibilidade de apenas um lote é uma construção facilmente replicável”

Porter aponta que o aplicativo é inteligente e inventivo. Contudo, diz que a parte desafiadora para Gouzer será a amplitude de público, e nesse caso, ele terá que lidar com os números mundiais, nos quais as grandes casas de leilão, as feiras de arte e os grandes mercadores vêm investindo há anos”. Mas talvez ele já esteja prevendo isso.

Para os interessados no aplicativo, funciona de maneira criteriosa, para quem se inscreve nele para participar dos leilões. Primeiro todos são analisados, para ter certeza de que são pessoas com real intenção de compra e não aproveitadores que desejam lucro a curto prazo somente.

Ele esperava evitar quaisquer garantias – ou seja, o estabelecimento de uma oferta mínima antecipada – que se tornaram comuns nas casas de leilão. Mas diz que essa é uma exigência dos vendedores hoje em dia. (O Basquiat está garantido por um valor não divulgado, algo próximo ao preço da estimativa mais baixa, disse Gouzer).

O Basquiat sem título – um oil stick sobre papel preto que mede cerca de 1 metro de altura por 2 metros de comprimento – apresenta todas as características pelas quais o artista ficou mais conhecido, como “todos os rabiscos obsessivos e aquelas palavras que surgem o tempo todo, como ‘alcatrão’ e ‘amianto’”, diz Gouzer.

Basquiat aberto a visitação mas com guarda-costas

Ainda falando sobre sua engenhosidade. Louc monteou em sua casa em Montauk, Nova York, um observatório climatizado. Nesse lugar, os possíveis compradores poderão admirar a obra a partir desta quinta-feira. Mas, não se iluda, claro que foram contratados alguns bons seguranças para proteger essa beleza de Basquiat. E a peça será vendida no mesmo dia, 30 de Julho.

Concluindo, o art dealer ainda conta que seu plano é vender pelo menos uma obra por semana, com leilão todo Domingo as 17:00. Os leilões acontecem ao vivo no app, que vai registrando os lances dados. E ele, recebe uma comissão de 15% nessa brincadeira.

“Só coloquei obras que compraria para minha coleção invisível. Meu gosto é eclético, mas muito seletivo”, disse ele. “Não tenho pressão, porque não tenho investidores. É uma extensão da curadoria que fiz quando estava na Christie’s, mas com total liberdade”. – afirma sorrindo e satisfeito com seu golpe de sorte.

A7MA que fez alguns leilões online diferentes ao longo da quarentena, onde a criação ao vivo era o foco e obras feitas em uma hora de entrevista entravam em leilão em seguida. Todas as lives estão gravadas em nosso IGTV e valem a pena uma olhada pois também conta com uma entrevista exclusiva de cada artista.

A7MA

Navegue por nosso site, descubra nosso acervo através do Tour Virtual 360° pela galeria.
E fique ligado porque o dia dos pais está chegando e junto com ele ideias ótimas de presentes para aqueles pais que amam arte.

1 Comentário. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Menu