[vc_single_image image=”9852″ img_size=”full” img_link_large=”” img_link_new_tab=””]

1/4

 

Em ¼ histórias se encontram,

semelhanças se apresentam em lados extremos.

Deslocamento geográfico, Longo trajeto.

2 da Sul, 2 da Leste,

Itinerário que cruza e atravessa barreiras

Culturais, Sociais e étnicas.

Construções em variação de cores

Predominantemente Terrosas,

Tijolo sobre tijolo, cenário alaranjado

Fios emaranhados.

Natureza, Lago Azul.

Mirando Cantinho do céu.

Famílias vivem sonhos

Bloco, areia e cimento

Levanta o cinza sobrado.

Edificando o antes

Madeira madeirite.

No Capão há Vila Flávia.

Ora ao Pai, reza ao santo.

São Matheus.

Proteja todas as quebradas.

Bares, igrejas e passatempos.

Rodas de samba, futebol, Churrasco e carnaval.

Vira-latas e sacos de lixo.

Chame pelo nome os cachorros de rua.

as paredes falam.

Toda casa tem um número.

Comunidade.

Aos anos de manuseio

Prática à arte que se faz.

Estética periférica

Artistas assim retratam com propriedade.

Seu Tempo e espaço.

Eternizam nosso povo.

Fazem acontecer.

 

Dedicado à: Alexandre Puga, Cris Rodrigues, Michel Onguer e Quinho Fonseca.

Muito Respeito

“Marvin Rantex”

 

[vc_separator]
[vc_separator type=”” size=”” icon=”” text=””]

Michel Onguer

[vc_separator]

Quinho QNH

[vc_separator]

Cris Rodrigues

[vc_separator]

Alexandre Puga

[vc_separator]
Post anterior
Backdrop Graffiti com Bieto na Fundação Ema Klabin
Próximo post
DINERGIA – Marina Zumi

No results found

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Menu