William Mophos é paulista, nascido em São Bernardo do Campo, cidade onde começou a pintar influenciado por seu irmão mais velho. Seu estilo de pintura é definido como “espiritualmente inerente” e se encontra em contínua modificação por buscar formas distintas de representar seus sentimentos. Apesar da identificação majoritária com o preto e branco, a série “Sentimental” (2013) representou uma mudança em suas obras, onde a presença de uma nova gama de cores foi incorporada ao seu estilo artístico trazendo renovação aos conceitos iniciais de suas criações.

O contato com a arte de rua e, consequentemente, o convívio com materiais não reciclados e abandonados voltou à atenção de William para a beleza e diversidade encontradas no lixo. Cada uma das peças, com suas texturas e formatos, se fizeram únicas através da ação do tempo. Reconhecendo o valor no que os outros viam como descartável, um conjunto de objetos foi recolhido com intuito de transformá-los em obras de arte, partindo da não descaracterização total da sua forma original. A série “Elemento Urbano” traz cenas cotidianas de grandes metrópoles expressas em materiais coletados nas ruas de São Paulo.

A monotonia dos mesmos processos criativos gerou a coragem de criar algo novo e, surpreendentemente, viu nos antigos livros escolares de seus irmãos mais velhos inspiração para inovar. Ao pensar em colagens, cuja essência é renovar imagens existentes segundo a criatividade, fica clara a ideia de que se faz um quebra-cabeça nunca antes pensando em cada obra.

Por fim, a liberdade de interpretação dentro das reflexões contidas nas obras é, definitivamente, ponto crucial para alcançar o objetivo de gerar discussões positivas sobre temáticas tanto sentimentais quanto sociais entre os apreciadores de suas séries.

                                                                                                 Bruna Sanro

[vc_separator icon=”camera”]

“Elemento urbano”

“Sentimental”

“Equilíbrio natural”

Menu