[vc_single_image image=”6273″ align=”left” img_size=”medium” img_link_large=”yes” img_link_new_tab=”” animate=”fade”]

Jerry Batista, Nascido no Grajaú, zona sul de São Paulo, periferia que se tornou seleiro de artistas contemporâneos, Jerry se inspira nas regiões carentes, lugar onde também nasceu e se orgulha, e acredita no trabalho social: “Sempre me preocupei em ter um estilo próprio que transmitisse minhas raízes brasileiras e desde 1996 questionava o sistema, suas falhas em relação à desigualdade social, fome e exploração do ser humano.artistas plásticos de todo o Brasil e outras partes do mundo. Encostos de cadeiras antigas se tornam belas molduras para a saga de Simplescião, guardião dos portais, uma espécie de super-herói brasileiro, além de outros objetos. Seus traços únicos já foram apreciados em exposições na Alemanha e França, além dos milhares de intervenções espalhadas pelas ruas de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Goiás e Rio de Janeiro. Suas obras também foram expostas em importantes centros culturais brasileiros como a Pinacoteca do Estado de São Paulo, Mube e Casa das Rosas e aos 18 anos de carreira fez a sua primeira exposição individual em 2014 na A7MA Galeria.

 

Works

Walls

Video

Menu